Carpinteiros, levantem bem alto a cumeeira & Seymour, uma (longa) apresentação

23:20

 Raise High the Roof Beam, Carpenters - Seymour - An Introduction | 1963 | 179 páginas | 

Do mesmo autor do inesquecível O Apanhador no Campo de Centeio, Carpinteiros traz duas partes, que servem de título ao livro, narradas por Buddy Glass. Na primeira "Carpinteiros..." Buddy relata o frustrante dia do que seria o casamento de seu irmão mais velho Seymour (pronuciado see more). Tem o mesmo estilo de O Apanhador, bastante divertido e de leitura rápida. Aliás, eu adoro o jeito como Salinger escrevia, adoro como seus personagens pensam em coisas que pouca gente acharia necessário compartilhar ou talvez sequer desse atenção. É o caso épico do Holden Caulfield perguntando ao motorista de táxi para onde os peixes vão quando o lago congela. E adoro a tradução que importa palavras coloquiais como "troço". Sei lá, me diverte, tem um charme.


Enquanto "Carpinteiros" tem um ritmo agitado e coisas acontecem o tempo todo, "Seymour, uma apresentação" é mais pessoal e descritiva, devagar, devagarinho. Aqui Buddy tem quarenta anos é escritor e professor de inglês. Falando diretamente ao leitor, ele nos conta como Seymour (que se suicidou aos 31 anos) era fascinante. Realmente me convenceu disso, mas não conseguia avançar muito na leitura por conta das longas descrições e divagações de Buddy. Inclusive, há momentos em que o próprio admite que está se estendendo demais.Entretanto mesmo achando algumas partes muito cansativas e o Louie me aconselhando a trocar de livro e parar de ficar aborrecida com o autor favorito dele, eu não podia abandonar Seymour e Buddy. Sabia que Salinger diria coisas que eu não me arrependeria de ler e que não perdia por esperar, haha."Bem sei que o orgulho de quem não lê nada, ou lê com moderação, é ainda mais ofensivo do que o orgulho de certos devoradores de livros, motivo pelo qual (acho que esou falando isso a sério) tentei preservar algumas de minhas antigas vaidades literárias."Acostume-se com esses nomes, pois se você for ler outros livros de Salinger além de O Apanhador, provavelmente vai se deparar com a família Glass. Ela aparece também em Nove Estórias e Franny e Zooey.

Você vai gostar destes:

0 comentários

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Translate

Arquivo