[Filme] Enter the Void - Viagem Alucinante

15:48


Eu raramente escrevo sobre filmes, mas Enter the Void pede para ser comentado. É daqueles filmes "falem bem ou falem mal, mas falem de mim". Como o subtitulo em português diz é uma viagem alucinante, sobretudo visualmente falando e eu adoro esses filmes "trippy". São diferentes, criativos, fora da caixinha e estimulam você a pensar de outras formas também (viu? quem precisa de drogas?).



Eu sou horrível pra assistir filmes, durmo mesmo. The Void tem quase três horas de duração (2:46, por aí), algumas partes passam muito devagar ou são meio paradonas. Ou então luzes ficam piscando alucinadamente durante alguns instantes (atenção, epilépticos!). Mas ainda assim eu assisti até o fim com pausas apenas para o banheiro, haha. Então pontos para Gaspar Noé por me prender no sofá.



O caso é que: nunca vi um filme mais louco na minha vida. Basicamente um estrangeiro morando em Tóquio, drogado que começa a traficar e é morto pela polícia. Seu amigo Alex lhe emprestou O Livro Tibetano dos Mortos, e conta pra ele como a morte é a última viagem. Você fica flutuando e pode ver e ouvir tudo e todos, mas sem se comunicar. Quem é apegado à Terra e não vai pra luz vaga por aqui numa bad trip até reencarnar. E é o que acontece com o protagonista.

Vi essa cena no Facebook, alguém comentou o nome do filme e eu fiquei curiosa.



Mas só isso daria um filme comum. O melhor de Enter the Void é a direção. O filme inteiro você assiste sob a perspectiva do Oscar, o tal que morreu e começa a ver toda a vida dele até aquele momento e fica vagando por aí, sabendo da vida alheia. E é por isso que eu não costumo "resenhar" filmes. Fico frustrada por não conseguir explicar os artifícios maravilhosos que são usados. Mas achei um trecho que explica muito bem a direção:

"O personagem, a todo tempo, está fora de quadro e a câmera toma seu lugar fisicamente. A visão do espectador, então, passa a ser imediatamente igual à do personagem, não tendo nenhuma outra forma de identificação se não esta." 


 Ufa! Obrigada, Lucas Scalon.



Viagem Alucinante me agradou muito e é por isso que eu senti necessidade de compartilhá-lo mesmo sem me expressar como gostaria. Mas fica o alerta de que tem muitas cenas extremamente explícitas. Sério, explícitas de um jeito que você talvez não imagine. Assim, NÃO recomendo para menores de idade ou quem não gosta desse tipo de imagens/filme.

P.S.: Aceito dicas de filmes alucinógenos como esse, haha.

Você vai gostar destes:

13 comentários

  1. Heeey, em primeiro lugar desculpa a demora pra visitar o blog.

    Mais um filme que ainda não vi mas já tinha ouvido falar ... não consegui baixar na época e acabei deixando o filme de lado D: , mas gosto muito das indicações aqui do blog e com certeza mais um filme pra listinha.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ê, obrigada! haha
      Esse filme é uma loucura, muito bom mesmo! :B Eu já tava com ele há um tempo pra assistir, mas acho que não foi tãão difícil de encontrar, não. Talvez agora você dê mais sorte, haha.

      Beijo!

      Excluir
    2. Trainspoting, esse e um outro que esqueci o nome :X sobre o qual o Louie falou, verei o mais rápido ´que puder :X daí volto pra comentar! haha

      Excluir
  2. O guia do mochileiro das galaxias... Viagem pesada, mais animado... E tem Cremaster que dá medo, nao dá pra assistir...De tanta psicodelia pesada...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Haha, O Guia é bem bacana mesmo. Os livros então! Cremaster eu não conhecia. Olhando no Google imagens dá medo mesmo. Porque será que a gente acha tão desagradável certas cenas, certas composições que nem deveriam ser tanto? Só porque foge do normal?
      Obrigada pela dica!

      Excluir
  3. Assisti esse filme uma vez.
    Realmente ele é espetacular. A narrativa é muito lenta, mas se você assistir e ir refletindo junto com a história se torna uma experiência muito diferente e válida.
    Recomendo...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se você assistir só se deixando levar já é uma viagem e tanto! Muito bom, mesmo.

      Excluir
  4. fica a dica de filme fora da casinha.. filme hungaro ou alemão (ñ tenho certeza) do diretor János Szász

    Opium - Diary of a Madwoman
    http://www.youtube.com/watch?v=63iLtFB95lg#

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Foda! Mas cara, se eu te contar que tenho pavor de filmes/séries sobre manicômios desde que assisti Réquiem para um sonho vc acredita? hauhau
      Não consegui nem ler o Um Estranho no Ninho por isso .__.
      Mas um dia crio coragem pra assistir esse, hehe!
      Até mais e obrigada pela dica!

      Excluir
  5. Baa aonde tu conseguiu baixar/ver este filme??? To loucaaaa pra ver e não acho em lugar nenhum!!!! Responde pfvr...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bom dia...encontrei a versão bluray dublada... http://www.baixandoblurays.com/2014/05/requiem-para-um-sonho-bluray-1080p.html

      Excluir
    2. Olá segue o link para download do torrent: http://kickass.to/enter-the-void-2009-dvdrip-xvid-1337x-noir-t4660252.html

      O comentário acima refere-se ao filme Réquiem para um Sonho, e este para o Enter the Void.

      Excluir
  6. Naas. Parabéns pelo blog. Ótimo gosto cultural... Tanto pra música, quanto cinema e literatura. Sem contar esse teor psicodélico que meu forneceu imensas possibilidades de entretenimento nos momentos fritz.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Translate

Arquivo